ARTE MEDIEVAL - ARTE GÓTICA - ARQUITETURA

Arte ou estilo gótico nasceu na França durante a idade média no contexto do Renascimento do século XII e prolongou-se até o Renascimento italiano, no século XVI, quando o retorno da estética clássica quebra a linguagem artística até ali difundida. Não representa um estilo inteiramente novo, mas sim um ponto de chegada de contínuos aperfeiçoamentos técnicos e  estéticos, feitos ainda pelos construtores românicos. Foi a primeira arte a construir-se com total exclusão de influências orientais ( bizantinas) e clássico-helenística.

Catedral de Beauvais - França - Séc. XII

A principal e mais caracteristica invenção técnica da arte gótica foi o arco ogival,  muito mais dinâmico que o estático arco redondo românico e que exercia  menor pressão lateral,  possibilitando a construção de abóbodas de cruz ou cruzaria de ogivas;  estas tornaram-se mais elásticas e dinâmicas, adptando-se melhor as formas e dimensões dos espaços a cobrir, o que permitiu aumentar as áreas de construções, e sendo mais leves e fáceis de sustentar, elevaram-se cada vez mais, contribuindo para uma maior verticalidade das construções.

Catedral de Welles, Inglaterra - séc. XII - XIV

Com as técnicas construtivas repousando nas abóbodas de cruzaria ogivas, trouxe um perfeito equilíbrio de forças envolvendo conhecimento e organização da obra.
Sendo assim a arte gótica revelou-se uma arte intelectualizada e conceptualista, com um espírito técnista, mundano e urbano, dogmático e sencível.


Catedral de Saint - Urbain, Troyes - França

Verticalidade,  espaços  internos mais amplos e  abrangentes, amplas janelas, espaços interiores mais iluminados favorecendo a poética da luz,  novas tipologias dentro da arquitetura civíl, castelos, palácios e casas comunais que respondiam maior eficácia as necessidades do modo de vida da época.

Castelo de Aigle , séc. XII - Suiça

Castelo Marienburgo, séc. XIV - Polônia.



A amplitude dos espaços, imundados pela luz colorida filtrada através dos inúmeros vitrais que cobriam todas as janelas, conferiam aos interiores uma atmosfera de forte espiritualidade e miticismo.

Capela de Milão - séc. XIV - a mais gótica de todas as italianas.

Abadia de São Dinis - França
Catedral de Bourges - França séc. XII - XIII

Catedral de Saint-Chapelle - França
Catedral de Burgos séc. XIII

Catedral de Reims - França

Catedral de Leon - sec. XIII
Catedral de Toledo - séc. XIII

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial