ARQUITERTURA ROMÂNICA

                             VITRAIS, ROSÁCEA, PINTURA E ESCULTURAS...

Numa época em que poucas pessoas sabiam ler, a igreja recorria à pintura e a escultura para narrar histórias bíblicas ou comunicar valores religiosos aos fiéis, não podemos estudar desassociada da arquitetura.
A pintura românica desenvolveu-se sobre tudo nas grandes decorações de murais, através da técnica do afresco, que originalmente era uma técnica de pintar  parede úmida.

Os motivos  usados pelos pintores eram de natureza religiosa.  As caracteristica essencias da pintura românica foram a deformação e o colorismo.  A deformação, na verdade, traduz os sentimentos religiosos e a interpretação mística que os artistas faziam da realidade. A figura de Cristo, por exemplo, é sempre maior que as outras que os sercam. O colorismo realizou-se no emprego de cores chapadas, sem preocupação com meios tons ou jogos de luz e sombra, pois não havia a menor intenção de imitar a natureza.

PRINCIPAIS CARACTERISTICAS DA ARQUITETURA ROMÂNICA

- Abóbodas em substituição ao telhado das basílicas
- Pilares maciços que sustentavam e  pedras espessas
- aberturas  rasas e estreitas usadas como janelas
- Torres que aparecem no cruzamento das naves ou na fachada
- Arcos que são formadas por 180 graus
- Monumentos grandes e sólidos conhecidos como fortaleza de Deus.

A primeira diferença que notamos entre a igreja gótica e a românica, é a fachada. Enquanto, de modo geral, a igreja românica apresenta um único portal, já a gótica tem três portais que dão acesso à três naves do interior da igreja; a nave central e as duas naves laterais.
A arquitetura é expressada em grandiosidade, a crença na existência de um Deus que vive em um plano superior; tudo se volta para o alto, projetando-se na direção do céu, como se vê nas pontas agulhadasa das torres de algumas igrejas.


Catedral de Bourges - França


Catedral de Pisa

Catedral de Santiago de Compostela

Interior da Sé de Braga - Portugal
Vista da famosa cúpula da catedral de Florença ( Gioto)





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial