O Iluminismo no Brasil



                                                               Filósofos Iluministas


    Um dos traços mais admiráveis do Iluminismo é seu caráter cosmopolita. Os filósofos ilustrados queriam que suas idéias e suas obras, concebidas como instrumwentos para o esclarecimento dos povos e para a libertação das amarras da ignorância, não fossem úteis apenas à França, ou mesmo à Europa, mas pudessem também contribuir para progresso de todas as nações do mundo. Isso aconteceu de fato, como se pode ver no caso do Brasil.

    No final do século XVIII, Ouro Preto, Rio de Janeiro, Salvador e Recife eram centros urbanos onde as pessoas tomavam conhecimento das idéias que circulavam na Europa. Num território colonizado, que ansiava pela independência, era naturla que os ideais libertários dp Iluminismo contagiassem a minoria culta.

    Embora as autoridades proibissem o comércio de livros franceses, considerados perigosos e subversivos, as obras mais importantes do pensamento francês dessa época foram lidas e descutidas na colônia, ainda que por um pequeno número de pessoas. Entre os livros mais conhecidos estavam O contrato social, de Rousseau, volumes da Enciclopédia e a história filosófica e política das duas Índias, do abade Raynal. Esses livros entravam por meio de contrabando, pelas mãos de pessoas que viajavam para Europa ou de estudantes que, por causa de ausência de universidades na colônia, iam fazer seus estudos em Paris e montpellier.

    Podemos resumir da seguinte maneira as principais idéias francesas que seduziram os letrados do século XVIII na América dominada por Portugal: em primeiro lugar, a defesa dos direitos universais do homem e do direito de autonomia dos povos, que lhes permitiam efetuar ao mesmo tempo uma crítica ao colonialismo e ao escravismo. A parttir desse pano de fundo, era possível encoontrar em Rousseau, em Voltaire, em Montesquieu e nos verbetes da Enciclopédia material inspirador para denúncia da tirania e para a crítica do despotismo do clero. E ainda incentivo a uma campanha em favor da educação pública enquanto fator de indendência nacional.

    Os ideais iluministas estiveram presentes em muitos movimentos contrários ao domínio português sob as terras americanas, como a Inconfidência Mineira e Conjuração Baiana: inspirou também os argumentos de muitos abolicíonistas, na luta pelo fim da escravidão no Brasil.

Fonte: Iluminismo, a revolução das luzes. São Paulo, Ática, 1998. p. 61-2

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial