A civilização amazônica desconhecida




—-
—-
A lenda de cidades perdidas na Amazônia atraiu legiões de exploradores e aventureiros à morte na maior floresta tropical do mundo: haveria um antigo império de cidadelas e tesouros ocultos nas profundezas da selva amazônica? Conquistadores espanhóis se aventuraram na floresta buscando fortuna e foram seguidos ao longo dos séculos por outros, convencidos de que descobririam uma civilização perdida tão importante quanto a Asteca e a Inca. Alguns chamaram este local imaginário de El Dorado, outros, de Cidade de Z.
Mas a selva os engoliu e nada foi encontrado. Passou-se a imaginar que era um mito. A Amazônia era inóspita demais, diziam estudiosos do século XX, para permitir grandes assentamentos humanos. Mas quem sonhava estava certo. Novas imagens de satélite e outras feitas de avião, revelaram mais de 200 enormes construções geométricas escavadas na Bacia Amazônica Superior, perto da fronteira do Brasil com a Bolívia.
Espalhados por 248 quilômetros, há círculos, quadrados e outras formas geométricas que formam uma rede de avenidas, valetas e recintos construídos, muito antes da chegada de Cristóvão Colombo à América. Algumas dessas construções datam de 200 a. C., outras são bem mais tardias, do final do século XIII da nossa era. Os cientistas que as mapearam acreditam que pode haver outras 2.000 construções escondidas embaixo das árvores.

Fontes: Estadão, A blog about history, The Guardiam

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Arte e Romantismo na Revolução Industrial

Raça e Progresso - Franz Boas