LECEIA , POVOADO CALCOLÍTICO, ESTREMADURA - PORTUGAL

                                            Povoado pré-histórico de Leceia



Um dos mais importantes e significativos Calcolíticos da Península Ibérica. Oferce um exelente estado de restauro e conservação, pelo que uma visita é particulamente elucídativa.
Numa época em que se estabeleceram as primeiras rotas comerciais regulares, o povoado fortificado de Leceia corresponde a uma  pequena cidadela localizada sobre uma escarpa rochosa que dá pra o vale da ribeira de Barcarena é defendida atráves de um elaborado sistema de muralhas dotadas de bastiões.

Rampas de acesso e portas, cabanas e lareiras domésticas, eiras, lejeadas e possíveis lixeiras  etc- assim como abudantes utensílios em pedra, cerâmica, osso e metal, bem como restos de consumo diversos - da corpo a um recinto habitacional complexo, rico de informações acerca dos modos de vida de uma população que, no terceiro milénio antes de Cristo, constituiram um dos principais pólos de fixação humana.

O estabelecimento de um povoado no Neolítico Final,e a subsequente  construção durante o  Calcolítico Inicial, indicam o apreciável desenvolvimento de uma economia agro-pastoril.
Desde 1983, ano em que estava iminemte a destruição desta jazida arqueológica,  o estudo deste local está a cago do Prof: João Luis Cardoso.  Com uma extenção conhecida de cerca de 500m2, este povoado fortificado revelou vestígios correspondente a aproximadamente 1000 anos de ocupação, distribuidos em quatro fases, que vão desde o Neolítico Inicial ( c. 3000 - 2500 A. C.) até o Calcolítico Final ( c 2000 A.C.).




Linha da muralha, com bastiões, as passarelas permitem ao visitante passear por cima das ruínas, sem danificar as partes restauradas e conservadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial