ESCOLA DOS ANNALES 1929 - 1989

                  

Primeira publicação que narra a história do movimento surgido na França, agrupado em torno da revista Annales. Ao dar estatuto de objeto de análise hitórica a dimensões da vida privada, a escola dos Annales abriu uma terceira via ao estudo da História, diastanciando-se tanto da historiografia marxista quanto da história factual-biográfica. Peter Burk esclarece as cordenadadas dessa refundação do método histórico analisando seus fundadores, Lucien Febvre e Marc Bloch, passando ainda por Fenand Braudel.
Ao promover a interdiciplina com outras Ciências Sociais, tentando chegar a uma história total. Segundo Fernand, "depois  da fundação dos Annales o historiador quiz-se e fer-se economista... uma maravilhosa história geográfica... uma demografia histórica...; há mesmo uma História Social..."
Fernand Braudel promoveu a aproximção da  História às restantes Ciências Socias particulamente a Sociologia.

Grupo Nefertiti

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial