O QUE É FILOSOFIA ?

  ORIGEM DA FILOSOFIA

Alguns podem apontar que filosofia é o "estudo de tudo" ou " o nada que pretende abarcar tudo"

Diante de tantas possibilidade, podemos iniciar nosso trabalho procurando o significado da palavra, que é origem grega. Trata-se da junção de dois termos: "Philos" que significa amizade e "Sophia" que significa sabedoria: portanto filosofia é o amor pela sabedoria.

A filosofia é uma criação grega. Foram os gregos que encantados com o mundo que os cercavam e insastifeitos com as explicações de carater tradicional, procuraram entender os fenômenos com bases na inteligência humana. Em suma, eles perceberam que o mundo poderia ser conhecido pelo homem e por isso ensinado.








Marilena Chauí conta que quando você pergunta a um filósofo para que serve a filosofia, a primeira resposta será. " Para não darmos nossa aceitação imediata às coisas, sem maiores considerações"

O que ela quiz dizer, é que sua afirmação permite considerar que a filosofia demanda uma atitude diferenciada perante o conhecimento e suas formas.
Quanto a origem, estudiosos sempre tiveram como referência de seu local originário a Grécia, por volta do século VI a. C. Contudo, a corrente orientalista defendia que a filosofia teve sua origem na China, com Confúcio (século V a. C.) e com outros pensadores, como  Buda (séculoVI a. C.), e na Pérsia, com Zaratrusta (século VI a. C.) e que os gregos teriam apenas aprimorado seus ensinamentos. Porém, os ensinamentos orientais baseavam-se na espiritualidade e na psique humana, o que para os ocidentalistas é pouco, sendo que a filosofia grega abrangia várias áreas científicas. A solução deste debate foi tomada analisando-se como local de origem  a Grécia, por ter se despreendido da crença mística e alcançado a razão, ou seja, partiu da conciência mitológica para atingir a concência filosófica.

Podemos concluir que, muito mais do que uma disciplina escolar, a filosofia é  a essência do conhecimento. Permite nos envolver no mundo das idéias, dos pensamentos e da imaginação, através da inquientação gerada no nosso interior que nos leva à curiosidade, à investigação, à reflexão, à interpretação, à crítica e a busca pelo desconhecido," é a maior de todas as ciências " que torna cada um de nós, cada qual com sua peculiaridade, num filósofo nato.

REFERÊNCIA : Porto, Charles A. História da filosofia, Módulo I. Assessoría Pedagógica Ramos: Maçaranduba 2007
CHAUÍ, Marilena, Convite à Filosofia. São Paulo, Ática, 2002 p9

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminismo: causas e características

Raça e Progresso - Franz Boas

Arte e Romantismo na Revolução Industrial